Teletrabajo

Joselma Pinto
joselma.pinto@serpro.gov.br

Traducción y Colaboración
Cristina Otálora

1 de Julio de 2007

Avaliação de Qualidade de Vida do Teletrabalhador no Projeto Serpro

“O grupo de Teletrabalhadores revelou na sua avaliação um aumento dos níveis indicadores de qualidade de vida, com a implantação desta nova modalidade laboral”.

O Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) é a maior empresa pública de prestação de serviços em tecnologia da informação do Brasil. Foi criado pela Lei nº 4.516, de 1º de dezembro de 1964, para modernizar e dar agilidade a setores estratégicos da administração pública. É uma empresa vinculada ao Ministério da Fazenda e cresceu desenvolvendo programas e serviços que permitiram maior controle e transparência sobre a receita e os gastos públicos.Situa-se, fisicamente, em uma sede central (localizada em Brasília), em dez regionais e escritórios distribuídos pelo território nacional.

Já informamos sobre o Projeto que o SERPRO no Brasil realizou na área de teletrabalho. Assim sendo, reproduzimos agora os trechos referentes à avaliação de qualidade de vida conforme relatado no documento elaborado pela pesquisadora Joselma Oliveira Pinto, que é bastante ilustrativo sobre o tema:

“ O grupo de Teletrabalhadores revelou na sua avaliação um aumento dos níveis indicadores de qualidade de vida, com a implantação desta nova modalidade laboral”.

Os indicadores de integração familiar e de administração do tempo mostram que os Teletrabalhadores perceberam uma melhora na relação familiar ao mudarem a rotina de trabalho.

A mudança no indicador de estresse percebida pelos Teletrabalhadores sugere a melhoria da produtividade, assim como a diferença no indicador de conforto físico percebida pelos Teletrabalhadores. Nos indicadores de integração profissional e adaptação os Teletrabalhadores perceberam pouca melhoria nestas condições.

O índice de satisfação global revela uma melhoria nas condições gerais de trabalho percebidas pelos Teletrabalhadores, após a implantação do Projeto Piloto.

Foi observado que levando em conta a meta estimativa de 20% para esta variável em 12 meses, para a avaliação que corresponde a 5 meses do projeto já se tinha um acréscimo da qualidade de vida de 14%.

Ao avaliar os indicadores psicossociais definidos neste estudo como fatores constituintes de índice global de satisfação, é possível estabelecer os de maior impacto na elevação do índice global de satisfação. Os indicadores de conforto físico, estresse e administração do tempo foram os mais significativos na mudança do nível de satisfação global.

Vemos então que, segundo o relatório “o teletrabalho possui também, dentre vários benefícios de natureza socioeconômica, aqueles que ainda poderão complementar o sistema de transporte público vigente, preservar os recursos do meio ambiente físico, assim como melhorar a qualidade de vida das pessoas. Por outro lado, quando bem implementado, torna-se também um importante instrumento gerencial para inserir as pessoas portadoras de deficiências físicas qualificadas que poderiam ser admitidas no serviço público, considerando a existência dos recursos tecnológicos disponíveis que as favorecem, na execução de suas atividades profissionais.”

Joselma Pinto
joselma.pinto@serpro.gov.br

Colaboración en la versión castellana y en la edición del presente texto: Cristina Otálora

Lea esta nota en español

más notas

imprimir nota

Información: info@caminandoutopias.org.ar


mail2web.com - Lea su correo electrónico

Lea todos sus correos POP3 desde cualquier equipo, en cualquier lugar del mundo.
¡Sin necesidad de registrarse!

Creative Commons License This work is licensed under a Creative Commons License.